Ouvidoria do TJBA comemora 25 anos com palestras nesta quinta (17)

Uma série de palestras dá continuidade às comemorações dos 25 anos da Ouvidoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), a mais antiga do país. Aberta ao público e com disponibilização de certificado de participação, a iniciativa acontece no auditório do edifício-sede do Judiciário baiano, a partir das 14h desta quinta-feira (17). Após as apresentações, está prevista a entrega de Medalhas Comemorativa dos 25 anos da Ouvidoria aos cidadãos que contribuíram para o funcionamento da unidade.  A Juíza do TJBA Andremara dos Santos profere palestra com o tema “Os 25 anos da Ouvidoria Judicial do TJBA”. O Chefe de Gabinete da Ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ronaldo Pedron, aborda a “Ouvidoria de Justiça como instrumento de participação social”. Já o Desembargador Altair Lemos, Presidente do Colégio Nacional dos Ouvidores Judiciais (Cojud), explana sobre os “Aspectos atuais das Ouvidorias Judiciais”. A apresentação do Vice-Presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), Pedro Mascarenhas Lima Júnior, com o tema "A importância da Ouvidoria no Judiciário da Bahia", encerra o evento. Bodas de prata – Vinculada a 2ª Vice-Presidência, que tem à frente a Desembargadora Maria das Graças Osório Pimentel Leal, a Ouvidoria Judicial é coordenada pela Juíza Ouvidora, Marina Kümmer de Andrade, e possui como Ouvidor Adjunto o Servidor Guilherme Carvalho. No dia 10 de outubro, quinta-feira, como parte das comemorações das bodas de prata da Ouvidoria Judicial, o Magistrado Pablo Stolze ministrou a palestra “Dano Moral: sua percepção atual, controvérsias e a sobrecarga do Judiciário”.
17/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia