Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Nota de Desagravo

A Associação dos Procuradores do Estado de Goiás (APEG) vem a público manifestar o mais veemente repúdio às declarações inverídicas e levianas lançadas por integrantes da Chapa 05 (Nova OAB), nas redes sociais e em aplicativos de mensagens contra o seu ex-presidente e atual conselheiro, Marcello Terto e Silva. A liberdade de associação e a licença para atividade classista são prerrogativas constitucionalmente asseguradas a todos os que lutam por condições mais dignas de trabalho para seus representados. Ademais, são absolutamente inverossímeis as insinuações e os supostos valores de que tratam as declarações. A associação lamenta, profundamente, que pessoas que pretendam lançar-se como ocupantes de postos tão importantes à frente da seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil, ente responsável pela preservação da democracia e da ordem constitucional, sejam capazes de atitudes tão baixas e desabonadoras da imagem de pessoa nacionalmente reconhecida pelos corajosos serviços prestados à Advocacia Pública, às custas dos valores mais caros à nossa sociedade, a liberdade de associação e todos os seus consectários. Todos os Procuradores e Procuradoras do Estado de Goiás se sentem ofendidos e desrespeitados, quando um dos seus maiores expoentes, reconhecido por sua integridade e pelo trabalho em prol do fortalecimento institucional de carreira fundamental à administração da Justiça e à cidadania, é ofendido em sua honra. Diretoria da APEG    
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia