Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Marilda Sampaio é a primeira entrevistada do OAB no Rádio de 2021

Sem edição desde o último dia 23, em função do recesso de fim de ano, o OAB no Rádio recebeu, no primeiro programa de 2021, a secretária-geral da OAB-BA, Marilda Sampaio. A entrevista aconteceu na manhã desta terça (12). Realizado em parceria da Ordem com a Rádio ALBA, o OAB no Rádio é apresentado por Luiz Ganem e vai ao ar na Rádio ALBA e no perfil da OAB-BA, no Instagram, sempre às terças e sextas-feiras, às 10h.Responsável pela gestão dos colaboradores da seccional, Marilda disse que, instaurada a pandemia, a primeira iniciativa da OAB-BA foi suspender as atividades presenciais e resguardar a equipe."Precisávamos obedecer as normas sanitárias vigentes e olhar para nosso maior patrimônio, que são as pessoas. Mas o trabalho não parou. Graças à tecnologia, continuamos atendendo a advocacia diariamente pelo teletrabalho", explicou.Ainda segundo Marilda, com as atividades suspensas, a OAB-BA viu na dificuldade uma oportunidade e decidiu capacitar seus colaboradores, aperfeiçoando o serviço prestado à advocacia."Começamos a fazer vários cursos virtuais a partir de julho de 2020, incluindo aulas em parceria com Escola de Advocacia. Foi incrível, porque tratamos de temas caros ao dia a dia da advocacia, refletindo diretamente no serviço prestado à classe", disse.Os cursos, segundo a secretária-geral, tiveram como maior legado a integração da equipe, que, desde antes da pandemia, conta com 286 colaboradores na capital e interior. "Nossos funcionários estão mais integrados. Muitos, inclusive, passaram a se conhecer virtualmente por meio das aulas", observou.Para esse ano, a aposta da secretária-geral é o OAB Digital, projeto de digitalização dos processos da seccional que foi implantado antes da pandemia e ganhou ainda mais destaque durante o home office."Parece que a gente estava prevendo o que viria pela frente, mas a verdade é que decidimos implantar o projeto lá, atrás, em função do desejo de fazer com que a advocacia, sobretudo do interior, tivesse acesso à Ordem. Hoje, mesmo ainda em andamento, já contamos com serviços 100% on-line, como inscrição e anuidades", concluiu.
12/01/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia