Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Em reunião na OAB-BA, reitores debatem aprimoramento do ensino jurídico

O reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), José Bites, e da Universidade Católica do Salvador (UCSal), Pe. Maurício da Silva Ferreira, se reuníram com representantes da OAB-BA para tratar de questões relacionadas à qualidade do ensino jurídico e autonomia universitária. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (22), na sede da Seccional, e contou com as presenças do presidente Fabrício Castro, da presidente das comissões de Educação Jurídica e Defesa da Autonomia Universitária, Cínzia Barreto, da secretária-geral Marilda Sampaio e do coordenador do curso de Direito da UCSal Deivid Carvalho Lorenzo. De acordo com Cínzia Barreto, é importante a aproximação da OAB com as instituições acadêmicas para que elas saibam qual o papel da Ordem na busca de qualidade de ensino. "Ficamos bastante satisfeitos que reitores de universidades tão conceituadas e que tantas contribuições vêm trazendo para o ensino do Direito se aproximarem da Ordem. Há uma preocupação constante de todos nós com relação à melhoria do ensino", disse Cínzia. O reitor da UNEB José Bites, relembrou que recentemente a OAB-BA foi importante na aprovação junto ao Conselho Universitário da regulamentação dos núcleos de prática jurídica. "Pretendemos avançar no sentido de implantar atividades em conjunto, inclusive pensando em ofertar cursos de especialização, mestrado e construir esse processo com a participação da OAB".Segundo o Pe. Maurício da Silva Ferreira, a UCSal e a OAB compartilham do mesmo sentimento de valorização da advocacia. Ele explicou que as ciências jurídicas fazem parte da história da Universidade Católica, uma vez que a faculdade de Direito foi uma das primeiras da UCSal."O curso de Direito tem um brilho especial nas nossas tarefas porque ilumina muitas outras faculdades. A UCSal tem uma imensa reverência à advocacia e ao ensino jurídico. Somos conscientes de que todas as democracias desenvolvidas assim o são porque têm advogados. A Universidade Católica é contente por hospedar nas suas estruturas e na sua tradição a faculdade de Direito", concluiu.
22/05/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia